Casas Flutuantes em Amsterdam

Casas Flutuantes em Amsterdam

Se algo caracteriza Amsterdam, além dos seus canais, são suas casas flutuantes. Atualmente há mais de 2.500 casas flutuantes nos canais de Amsterdam.

Essa curiosa forma de residir surgiu depois da Segunda Guerra Mundial, devido à escassez de residências. Também contribuiu para isso o fato de que nesses anos a frota holandesa se modernizou e centenas de barcos cargueiros ficaram disponíveis para serem usados como residência.

Em um primeiro momento, os moradores dessas casas improvisadas dos canais foram os hippies. 

Quanto custa uma casa flutuante? 

Os preços dessas casas são um pouco mais baixos que os das casas tradicionais, mas os gastos de manutenção são mais altos. A cada três ou quatro anos, os proprietários devem levar o barco ao estaleiro para uma revisão completa, algo que costuma durar cerca de uma semana.

Além dos gastos de manutenção, os habitantes dos barcos flutuantes devem pagar um aluguel pelo estacionamento do barco, uns impostos especiais e um seguro também mais caro que o de uma casa normal.

Nenhum espaço

Atualmente os canais de Amsterdam estão completamente saturados e mesmo que você quisesse comprar um barco e deixá-lo parado, não há espaço para instalá-los. A única opção é comprar um barco já estabelecido. 

Houseboat Museum

Para saber como estava distribuído o espaço e conhecer algumas das vantagens e desvantagens de viver em uma casa flutuante, você pode visitar este barco que foi usado como residência até 1997.

Nessa casa museu, você poderá caminhar por uma ampla sala, se imaginar cozinhando ou ver as camas minúsculas onde dormiam seus antigos moradores.